quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Antiquário Bonjesuense aquece venda de móveis antigos


O antiquário bonjesuense Armazém dos móveis antigos tem visto crescer suas vendas, o que impõe a renovação constante de estoque. Novos móveis, obtidos no sul de Minas Gerais, são a nova atração desse comércio.











A NOVA MENSAGEM DE ROGÉRIO LOUREIRO XAVIER



Olá pessoa amiga e do bem.

Verdade é um sentimento que faz chorar ou sorrir... mandar tudo para o inferno ou ser feliz apesar dos pesares.


A MENSAGEM DE ROGÉRIO LOUREIRO XAVIER

Olá pessoa amiga e do bem.

Desconhecido

Como posso alinhar meus pensamentos ao futuro sem questionar as realidades incertas do amanhã obscuro. O momento aqui agora passa rápido - passou - não existe mais, o presente se pulverizou sem nada declarar. Num simples pensar ou piscar virou borboleta, quer dizer..., já é passado com metas e objetivos realizados ou não. O tempo não para nas estradas da vida, sutil entrelinha que não espera acontecer... Sonhar com probabilidades futurísticas é o grande lance. O amanhã sempre estará em nosso radar. Dispositivos do viver e deixar viver estão disponíveis e lançados... Requisitos básicos fazem parte do contexto. Tudo é complexo, esta escrito, e desconhecido.


quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Máscaras no Carnaval da Vida


                              Joel Boechat



                    Cantinho de Ilusões...


          * Depois do carnaval,  as
             Cinzas...
             Do bloco das ilusões,
             Tiremos as fantasias
         
             Aproveitemos bons
             momentos,  para
             Esquecer nostalgias

As máscaras que usamos
Não disfarçam nossas dores
E nem aquilo que somos

Não importa o colorido
Do confete e serpentina
Sempre haverá um alegre
Arlequim
E uma triste Colombina

Eu sou um  Office-boy...
dezesseis anos de idade
Gostava de ir de barca
Passear em Niteroi
Ou cineminha na cidade

Ia a todas as festas
Comemoração de Natal
Mas ficava muito ansioso
esperando o Carnaval

Comprei lança-perfume
"Rodouro "
Para jogar nas meninas
Tinha nas cores prata e
ouro
Custava Sessenta Cruzeiros
Era o meu maior tesouro

Mas valia a pena comprar
Durava o carnaval inteiro...

Um prazer, uma alegria
Brincar na Rio Branco
Bem pertinho da Central
Vestir minha fantasia
Pular o meu Carnaval

Na esquina da Rio Branco
Com a Rua do Ouvidor
Encontrei aquela menina
Que foi... Meus ais
O meu sonho de amor

No Carnaval que passou
Vestida de Colombina
E eu, meio desajeitado,
Com cara de cão lambido
Vestido de Pierrot

Joguei o lança perfume
Me agradeceu com confete
Perguntei qual o seu nome
Me respondeu: sou Ivete

Era u'a mentirinha
Mentira de Carnaval
Ninguém dizia o seu
Verdadeiro nome
Para não se tornar banal

Eu fiquei ali grudado
Adorando a menina
A fantasia, o bordado
Uma linda Colombina

Passado o Reinado de
Momo
Recebi uma ligação
Dizendo que a mãe dela
Tinha dado autorização

Levei-a a um  cinema
E, no cinema, o escurinho
Quantas coisa na cabeça
Passei em seus ombros o
meu braço...

Roubaria, se pudesse,
nem que fosse um só
Cheirinho
E, quem sabe,  talvez saísse
um gostoso amasso

Mas a sua irmã mais velha
Que segurava a vela
Ficava vigiando a gente
E nem olhava pra tela

Conheceu outro menino
Conheci outra menina   
Foi um simples final de
História
Sem beijos,  abraços e
Glória...

Sem poder contar aos meus
Amigos  nenhuma vantagem
E de outras coisas,
a história

Muitos beijos e abraços
Fui conhecer em outros
Regaços

Só fiquei com muita saudade
Da esquina Rio Branco com
A Rua do Ouvidor
Foi alívio que começou
O  meu despertar do amor...

A MENSAGEM DE ROGÉRIO LOUREIRO XAVIER

OLÁ PESSOA AMIGA E DO BEM!

ACORDA BRASIL!!

LEMBREM-SE DO VELHO POETA:

"NA PRIMERIA NOITE, ELES SE APROXIMAM E ROUBAM UMA FLOR  DO NOSSO JARDIM: NÃO DIZEMOS NADA. NA SEGUNDA, JÁ NÃO SE ESCONDEM. PISAM AS FLORES, MATAM O NOSSO CÃO E NÃO DIZEMOS NADA. ATÉ QUE UM DIA O MAIS FRÁGIL DELES ENTRA SOZINHO EM NOSSA CASA, ROUBA-NOS A LUZ E, CONHECENDO O NOSSO MEDO, ARRANCA-NOS A VOZ DA GARGANTA. E JÁ NÃO PODEMOS DIZER NADA."

...OU DESTE OUTRO:

"UM DIA VIERAM E LEVARAM MEU VIZINHO QUE ERA JUDEU. COMO NÃO SOU JUDEU, NÃO ME INCOMODEI. NO DIA SEGUINTE VIERAM E LEVARAM MEU OUTRO VIZINHO QUE ERA COMUNISTA. COMO NÃO SOU COMUNISTA, NÃO ME INCOMODEI. NO TERCEIRO DIA VIERAM E LEVARAM MEU VIZINHO CATÓLICO. COMO NÃO SOU CATÓLICO, NÃO ME INCOMODEI. NO QUARTO DIA, VIERAM E ME LEVARAM; JÁ NÃO HAVIA MAIS NINGUÉM PARA RECLAMAR.


Cartão postal de Bom Jesus do Itabapoana



Por Rogério Loureiro Xavier


Olá pessoa amiga e do bem.

Cartão postal de Bom Jesus do Itabapoana.

Que tempo bom que não volta mais, saudade tanto tempo faz...

O mais gostoso é saber que valeu a pena.

Infelizmente agora é cinzas, tudo acabando e nada mais...

"Triste é o país que não preserva suas riquezas."


terça-feira, 13 de novembro de 2018

"Não tolero magistrado..."


"Não tolero magistrado
Que do brio descuidado
Vende a lei; trai a Justiça
Faz a todos injustiça

Com rigor deprime o pobre
Presta abrigo ao rico, ao nobre
E só acha horrendo o crime
No mendigo que deprime"

Luiz Gama (1630/1882)
Advogado abolicionista

Enviado por Wilma Martins Teixeira Coutinho