terça-feira, 18 de dezembro de 2018

NATAL CULTURAL SERÁ UM MARCO EM BOM JESUS DO ITABAPOANA


















Convite para a reativação da Academia Bonjesuense de Letras

No próximo dia 20 de dezembro, o Secretário de Cultura, Turismo e Urbanismo, Flávio Viana do Nascimento, estará realizando uma reunião com as pessoas interessadas na reativação da Academia Bonjesuense de Letras.

A reunião ocorrerá às 15h15min, na sede da Secretaria, na Av. Pe Mello, 13, Altos, Centro.

A Academia Bonjesuense de Letras é entidade de utilidade pública
Flávio Viana do Nascimento, Secretário de Cultura,      Turismo e Urbanismo


A III Cantata de Natal em Rosal


                            Anselmo Borges



A Capela de Sant'Ana, em Rosal, sediou a III Cantata de Natal, desta vez com a presença de dois coros espíritas, o Coro Eber Teixeira de Figueiredo e o Grupo Musical Caminheiros, ambos de Centros Espíritas da cidade de Bom Jesus do Itabapoana.

A cantata, além de histórica, foi emocionante, pois as músicas retrataram temas diversos, como a paz, o respeito, a solidariedade, além de temas de Natal.

Sob a regência da pianista Martha Salim, que é evangélica,  os coros se 
apresentaram brilhantemente e o ato ecumênico demonstrou que as doutrinas que os separam são menores do que aquilo que os une, o Criador, o Deus Pai e seu Filho Salvador, Jesus Cristo, que são fontes de amor, de respeito, de solidariedade, de paz, etc.

Assim, com a música, louvou-se o Criador e a criação e todos os participantes se alegraram, colocando-se em prática as palavras de Santo Agostinho: "no essencial, unidade. Na dúvida, liberdade. Em tudo, caridade."

Ao fim,  o vigário paroquial, Pe. Herbert, fez o agradecimento aos coros, os acolheu fraternalmente e mencionou que a música é uma das formas de manifestação do Divino.


                            Anselmo Borges

                "Cantar é próprio de quem ama." 
                               Sto. Agostinho




Últimos dias da primavera


                              Joel Boechat


                     Cantinho do Meu Jardim


Quem dera, meu Deus,
Quem dera
Fosse eterna a estação
Das flores
Minha amada Primavera

Conheci um grande amor
A minha Rosa querida...
Razão da minha paz tão
Esquecida...

Num dia radiante
De Sol da perfumada
Estação...

Vi na beleza das flores
O meu sonho e quimera
No seu porte e olhar
Minha emoção

Aquele olhar cristalino
Tão  delicado, suave e
Divino...

Aqueles olhos foram
A Razão... dos
Meus queixumes

Tinha o esplendor
Da Primavera Feliz
Do mais suave e
Doce olor

Nas flores...
O lindo matiz e
O perfume da Rosa
Do meu amor

Nestes últimos dias
De beleza das flores
Revendo o meu jardim
Enfim...
Só a saudade restou

Saudade
Das pétalas multicores
Da paz e da felicidade
Que teu olhar me deixou

Vá estação querida...
Levar a países distantes
Teus perfumes e cores
Lá também existe
Paixões, amantes e
Amores...

Leva...
Também suave olor
E os matizes
E a minha saudade
Torne outras pessoas,
Assim como eu, felizes
Muito felizes...

A MENSAGEM DE ROGÉRIO LOUREIRO XAVIER

Olá pessoa amiga e do bem.

ESTAÇÕES

Um homem tinha quatro filhos. Ele queria que seus filhos aprendessem a não julgar as coisas de modo apressado e por isso, mandou cada um em uma viagem, para observar uma Pereira que estava plantada em um distante local. O primeiro filho foi lá no Inverno, o segundo na Primavera, o terceiro no Verão, e o quarto e mais jovem, no Outono. Quando todos os filhos retornaram, ele os reuniu, e pediu que cada um descrevesse o que tinha visto. O primeiro filho disse que a árvore era feia, torta e retorcida. O segundo filho disse que não, que ela era recoberta de botões verdes, e cheia de promessas. O terceiro filho discordou; disse que ela estava coberta de flores, que tinham um cheiro tão doce e eram tão bonitas, que ele arriscaria dizer que eram a coisa mais graciosa que ela jamais tinha visto. O último filho discordou de todos eles, ele disse que a árvore estava carregada e arqueada, cheia de frutas, vida e promessas. O homem então explicou a seus filhos que todos eles estavam certos, porque eles haviam visto apenas uma estação da vida da árvore. Ele falou que não se pode julgar uma árvore, ou uma pessoa, por apenas uma estação, e que a essência de quem eles são, e o prazer, a alegria e o amor que vêm daquela vida podem apenas ser medidos ao final, quando todas as estações estão completas. Se você desistir quando for inverno, você perderá a promessa da Primavera, a beleza de seu Verão, a expectativa do Outono.Não permita que a dor de uma estação destrua a alegria de todas as outras. Não julgue a vida apenas por uma estação difícil. Persevere através dos caminhos difíceis, e melhores tempos certamente virão de uma hora para a outra!!!

Roger LX
(Autor desc.)

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Ficar de Bem

                              Joel Boechat


                Cantinho de reconciliação


Se por um motivo à toa
Vocês ficaram alguns dias
Sem se falar...
Sem se tocar...
Aproveitemos a oportunidade

Que tal?
Ficarem de bem no Natal
Fazer as pazes, de repente
Faz bem ao coração da gente

É o Natal do Nosso Senhor
Que para nós deu Sua Vida
E todo o Seu Amor
É tempo de paz no Lar
É tempo para se Amar

Briguinhas...
Acontecem na vida
Acontecem a cada um de nós
Pequenos desentendimentos
Magoam a Mulher querida
Que é a Rainha do Lar...

Por uma bobagem à toa...
Tola  alteração de voz...
Passar tanto tempo...
Sem namorar?...

É muito, muito comum mesmo
Briguinhas entre casais

A reconciliação é a voz
Da razão...
Falando ao coração...
No dia  seguinte...
É legal pra caramba
É bom de mais

Ah... Dia Seguinte
Mil pedidos de desculpas
Mil pedidos de perdão
Muitos abraços...
Muitos beijinhos e "ais "


Não dê tanta  importância a
Essas brigas
Jamais... fiquem
Um com o outro magoado

Lembrem-se do Imortal
Lupicínio Rodrigues...
Que deixou para os casais 
Um recado...
 "É sempre melhor brigar
    Juntos
    Do que chorar separados"

Homenagem aos aposentados

Rogério Loureiro Xavier


Olá pessoa amiga e do bem.

Homenagem aos Aposentados.

“Hoje eu dedico o dia para agradecer a quem, com trabalho contribuiu para um presente mais digno, deixando o legado da ética, da competência e da garra. A vocês, queridos aposentados, meu muito obrigado pelos ensinamentos.”

Após uma vida inteira de lutas e superações, nada melhor para um idoso do que se aposentar e ter a tranquilidade de saber que todo mês você terá em sua conta um valor garantido para seu sustento.

Algumas pessoas se deprimem porque é a finalização de uma etapa; há uma despedida, queiramos ou não, de algo que teve uma importância, profissional ou mais que isso, pessoal, e é claro que também, financeira. Há um adeus e todo adeus é dolorido.

É HORA DE CONTEMPLAR. De ver, que tudo não foi em vão, que as sementes lançadas ao vento, produziram alimentos para o corpo, e para o espírito. É hora de se orgulhar, e de refletir... A sua contribuição, dia após dia, foi registrada no tempo, e nem mesmo o vento, poderá apaga-la. Peças encaixadas com maestria, no grande quebra-cabeça da vida, exposto a todos aqueles, que em algum dia também irão dizer: EU VENCI!!!”

“Amigo aposentado aproveite com muita alegria sua aposentadoria.”

Devemos continuar jovens e renovar a cada dia o sonho de um Brasil melhor e mais justo. Não percamos nunca nossa juventude.

Parabéns aos aposentados do Brasil!

Roger LX