segunda-feira, 1 de março de 2021

Os 105 anos de nascimento de Badger Silveira



Povo de Bom Jesus e autoridades recepcionaram o bonjesuense eleito governador


Hoje, dia 10 de março, o ex-governador Badger Silveira, bonjesuense nascido em 10 de março de 1916, completaria 105 anos de idade.

Badger foi eleito governador do Estado do Rio de Janeiro em 1962, prometendo dar continuidade ao trabalho do irmão, o governador Roberto Silveira, glória de Bom Jesus do Itabapoana, morto em possível atentado em 28 de fevereiro de 1961.


Casou-se com Renée Ferraiolo, com quem teve os filhos José Roberto, Ana Maria, Maria Luiza e José Luís (gêmeos), Maria Cristina, Badger, José Fernando e Maria Tereza.Renée Ferraiolo Silveira participou de ações sociais no Estado, com Dom Helder Câmara. Sobre ela disseram: " um coração onde couberam todos".

Badger Silveira, Renée Ferraiolo Silveira e os filhos José Roberto, Ana Maria, Maria Luiza e José Luis (gêmeos), Maria Cristina, Badger, José Fernando e Maria Tereza. Foto de 1962. Acervo de Ana Maria Silveira



Participou, juntamente com Roberto Silveira, pela campanha nacional em favor da criação da Petrobras. Foi delegado de polícia, Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, vereador em Resende, Secretário de Estado.






Badger realizava profícua administração no estado e estava cumprindo todas as promessas de campanha, inclusive a da realização do sonho de Roberto Silveira: a construção de uma grande Usina em Rosal, seguida de um pólo industrial, com o apoio do presidente da República João Goulart. 



Badger Silveira, aclamado por multidão



No dia 2 de maio de 1964, após o golpe militar, sofreu o impeachment por parte da Assembleia Legislativa que, com base no Ato Institucional nº 1 emitido pelos militares, cassou seus direitos políticos  por 10 anos.



Anistiado em 1979, faleceu no dia 9 de maio de 1999, sendo sepultado em Niterói.

Badger Silveira, com seu exemplo de vida e de luta, é fonte de inspiração para todos os que sonham com um mundo diferente.



Badger Silveira

BADGER SILVEIRA VIVE!






O ANIVERSÁRIO DO DESEMBARGADOR ANTONIO IZAIAS DA COSTA ABREU

 



Desembargador Antonio Izaías da Costa Abreu


Hoje, dia 5 de março, aniversaria o desembargador Antonio Izaías da Costa Abreu, filho de Edgar Teixeira Abreu e Maria Aparecida da Costa Abreu.

Nascido em Bom Jesus do Itabapoana, fez aqui os primeiros estudos. Os cursos ginasial e técnico de contabilidade foram realizados no colégio Bittencourt, em Itaperuna (RJ).  Estudou o curso científico no Colégio de Pádua em Santo Antonio de Pádua (RJ).

Foi professor da Escola Técnica de Comércio do Colégio Rio Branco, em nosso município. 

Formado em direito pela Universidade Católica de Petrópolis em 1964, foi professor na mesma Universidade no período de 1974 a 1991, ministrando as matérias de direito civil e penal. 

Magistrado, por concurso público de provas e títulos do Estado do Rio de Janeiro, ingressou na carreira em 28 de junho de 1972. 

Foi juiz de direito nas comarcas de Laje do Muriaé, Itaperuna, Campos dos Goytacazes, Niterói, Petrópolis e na comarca da capital do Rio de Janeiro, onde ocupou a titularidade da 23ª Vara Criminal. Foi juiz auxiliar da Corregedoria de Justiça no biênio 1985/1986. 

Ingressou no Tribunal de Alçada Criminal (TACRIM), em 1988, sendo promovido para o Egrégio Tribunal de Justiça no dia 15 de abril de 1997, onde teve assento e ocupou a presidência da 8ª Câmara Criminal, aposentando-se por força do dispositivo constitucional do limite de idade, em 02 de março de 2002. 

Desempenhou, ainda, o cargo de Diretor da Revista ATA do Tribunal de Alçada Criminal do Estado do Rio de Janeiro, de 1995 a 1997.

É membro das seguintes entidades culturais: Sócio Honorário do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais “Casa de João Pinheiro”; Instituto Histórico de Petrópolis; Academia Petropolitana de Letras; Academia Petropolitana de Educação; Academia Petropolitana de Letras Jurídicas; Academia Bonjesuense de Letras; Instituto de Letras e Artes Dr. José Ronaldo do Canto Cyrillo; Academia Paduana de Letras; Artes e Ciências; Academia Itaocarense de Letras; Associação dos Juristas Católicos do Rio de Janeiro; Société Internationale de Prophylaxie Criminelle, Paris, França. Membro e Consultor Jurídico da Associação Cultural do Arquivo Nacional (ACAN) e membro da Comissão Permanente de Preservação da Memória Judiciária – Museu da Justiça.

Realizou os documentários cinematográficos: Ruínas de Macacu e do Convento São Boaventura – VHF (1988), O Quilombo de Paty do Alferes – VHF (1988), O Retorno da Princesa – DVD (2010), Convento de São Boaventura – Macacu - DVD (2011).

Publicou os seguintes trabalhos literários: O linguajar do marginalizado (1983); Quilombos em Petrópolis (1988); A morte de Koeler, a tragédia que abalou Petrópolis (1992); Municípios e Topônimos Fluminenses (1994); Julio Frederico Koeler – O Arquiteto (1996); Ternas Recordações, poesias (2001); Posse acadêmica e homenagem (2005); Palácios e Fóruns do Estado do Rio de Janeiro (2006); O Judiciário fluminense – período republicano (2007); O Judiciário Fluminense e suas Comarcas – capital e interior (2008) e Relação do Rio de Janeiro, 1752-2002 – coordenador (2002); A Colonização do Sudeste - A Prevalência Italiana (2015); "OBRAS COMPLETAS DE RUI BARBOSA, Prefácios, notas e revisões por JOSÉ GOMES BEZERRA CÂMARA", Prêmio Funager (2015); "O que vi e ouvi" (2017); " O humor e o riso em versos livres" (2019).

Agraciado com inúmeros títulos e comendas, o desembargador, historiador, produtor de documentários e poeta Antonio Izaías da Costa Abreu é um homo universalis e orgulho dos bonjesuenses.

O Norte Fluminense parabeniza o notável conterrâneo, desejando-lhe muitos anos de vida!

CALENDÁRIO - MARÇO

 


01. Nascimento da escritora e poeta Neumar Monteiro, um dos gênios de nossa literatura, em 1949.
04. Nascimento do escritor, professor e advogado Laércio Andrade de Souza Oliveira, em Carabuçu, no ano de 1945.Membro do Instituto Brasileiro dos Advogados, foi eleito por 5 vezes presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, em Itaperuna(RJ). Ativista em defesa da ecologia, destaca-se, em seus textos,como contestador das injustiças sociais.
05. Nascimento do desembargador Antonio Izaías da Costa Abreu, no distrito de Carabuçu, em 1932, historiador, escritor e poeta, um dos gênios de nossa literatura.
10. Nascimento do ex-governador Badger Silveira, em 1916. Foi eleito governador do Estado do Rio de Janeiro, em 1962, dando continuidade ao trabalho do irmão, Roberto Silveira. Casou-se com Renée Ferraiolo, com quem teve os filhos José Roberto, Ana Maria, Maria Luiza e José Luís (gêmeos), Maria Cristina, Badger, José Fernando e Maria Tereza. Renée Ferraiolo Silveira participou de ações sociais no Estado, com Dom Helder Câmara. Sobre ela disseram: " um coração onde couberam todos". Badger participou, com Roberto Silveira, da campanha nacional em favor da criação da Petrobrás. Foi delegado de polícia, Conselheiro do Tribunal de Contas, vereador em Resende e Secretário de Estado.Badger realizava profícua administração no estado e estava cumprindo todas as promessas de campanha, inclusive a da realização do sonho de Roberto Silveira: a construção de uma grande Usina em Rosal, seguida de um pólo industrial em Bom Jesus do Itabapoana, com o apoio do presidente da República João Goulart. Adquiriu a área para a construção do Colégio Estadual Padre Mello. No dia 2 de maio de 1964, após o golpe militar, sofreu o impeachment por parte da Assembleia Legislativa que, com base no Ato Institucional nº 1 emitido pelos militares, cassou seus direitos políticos por 10 anos. Anistiado em 1979, faleceu no dia 9 de maio de 1999, sendo sepultado em Niterói.
13. Nascimento de Ismélia Saad Silveira, a Eterna e Única Primeira Dama, viúva do ex-governador Roberto Silveira, em 1930.
18. Nascimento do libanês Merhige Hanna Saad, em 1895. Comerciante de café, construiu o Edifício Monte Líbano e cinema com capacidade para mil pessoas. Quando sugeriram investir seu dinheiro em outro município, respondeu: "Invisto em Bom Jesus o que ganho em Bom Jesus".
19. Inauguração, em 1856, da Subdelegacia do Arraial de Bom Jesus.
23. Nascimento do jornalista Esio Bastos, fundador de O Norte Fluminense, em 25/12/1946. Trabalhou na Estrada de Ferro Leopoldina Railway na Cia Ferroviária Itabapoana, localizada em Bom Jesus do Norte ( ES). Vereador por três mandatos, a Câmara Municipal tem o seu nome. Foi sócio-proprietário da Gráfica Gutemberg, com seu irmão Luciano Bastos.; falecimento de Levy Xavier, o primeiro maestro de Bom Jesus do Itabapoana, em 1970.
23. Fundação do Olympico F.C., em 1914, por Fernando Lopes da Costa, Abílio Castro e WaIter Franklin, tendo, como 1º. presidente, Cel. Pedro Gonçalves da Silva Jr Vice-Presidente, Horácio de Carvalho; Secretários, Abílio Pires de Castro e João de Azevedo Mattos; 1º Tesoureiro, Francisco Teixeira de Oliveira; 2º Tesoureiro, Carlos Rodrigues Figueiredo Firmo; Procurador, Dr. Walter Franklin; Captain, José de Souza Firmo; Vice Captain, Otis Menezes.

27. Nascimento, em 1860, de Pedro Gonçalves da Silva Jr., primeiro prefeito de Bom Jesus por ocasião de sua primeira emancipação; nesta data, do ano de 1933, a Leopoldina Railway passa a controlar a Cia. Ferroviária Itabapoana (fundada em 1916), de propriedade do Cel. João Ferreira Soares, sobrinho de Carlos Firmo. A Cia. possuía 33 km de trilhos, de Bom Jesus do Norte (ES) até Ponte do Itabapoana (ES), 4 locomotivas, 2 vagões de passageiros (suprimidos em março de 1951) e 8 vagões de cargas (suprimidos em abril de 1952). "Quando quero ver um homem honesto, vou até o espelho", costumava dizer o Cel. João Ferreira Soares.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Aniversário da Escola de Música JEMAJ Musical

 

Alunos da JEMAJ recebem certificado de conclusão do curso de piano, em 2019


Hoje, dia 17 de  fevereiro, a Escola de Música JEMAJ Musical completa 24 anos de fundação.


Anísia Maria Aguiar Pimentel dos Santos, a fundadora da escola, teve sempre o apoio decisivo de seus pais Anízio Gomes Pimentel, que integrou o Coral da Igreja Matriz, a partir de 1958, e de sua mãe Luzmar Pimentel.

A JEMAJ já formou centenas de músicos, e, junto com as escolas de música Cristo Rei e MusicArt, contribui decisivamente para o desenvolvimento cultural de nossa gente.





segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

Hoje, faz 60 anos da morte de Roberto Silveira




Roberto Silveira, Ismélia e os filhos


 Hoje, 28 de fevereiro, faz 60 anos da morte do ex-governador Roberto Silveira, vítima de atentado em Petrópolis (RJ), em 1961.

 

Roberto Silveira é glória de Bom Jesus do Itabapoana

 

Nascido no dia 11 de junho de 1923, no Sítio Rio Preto, em Bom Jesus do Itabapoana - assim como seus irmãos Badger, Zequinha, Maria da Penha e Dinah - Roberto estudou na Escola Municipal de Barra do Pirapetinga, com a professora Olga Ebendinger.


Roberto Silveira estudou na Escola Bom Jesus, da professora Amália Teixeira, localizada na parte superior do prédio

 

Colégio Rio Branco, onde estudaram os irmãos Roberto, Badger e Zequinha Silveira, funcionou entre 1920 e 2010, e, hoje, compõe o ECLB (Espaço Cultural Luciano Bastos)


Posteriormente, estudou na escola da professora Amália Teixeira e no Colégio Rio Branco, ambos localizados na cidade de Bom Jesus do Itabapoana.



Na década de 1940, Roberto estudou na Faculdade de Direito de Niterói.

Elegeu-se deputado estadual em 1947, sendo reeleito em 1950.

Ismélia e Roberto Silveira

 

Ana Maria Silveira e Badger Silveira Filho, sobrinhos de Roberto Silveira, sustentam que o tio foi alvo de atentado

 

Em 1951, casou-se com a bonjesuense Ismélia Saad, filha do libanês Melhim Hanna Saad e Alzira Sauma Saad. Com ela teve três filhos: Jorge Roberto, quatro vezes Prefeito de Niterói, Dôra, museóloga e historiadora, e Márcia, socióloga. Jorge é casado com Cristina Ramalho Silveira com quem tem um filho: Roberto. Márcia é casada com o médico Alberto Domingues Viana, radiologista e professor da UFF. Eles possuem um casal de filhos: João Alberto, médico como o pai, e Maria Roberta, que é administradora de empresa.

Secretário estadual do Interior e Justiça, foi eleito vice-governador em 1954. 

Foi eleito governador em outubro de 1958.

Tido como futuro presidente da República, sucedendo a João Goulart, após adentrar em helicóptero, onde pretendia verificar os estragos causados pela enchente em Petrópolis, o aparelho, alvo de trama de forças interessadas em seu desaparecimento, desgovernou-se ao decolar. A queda da aeronave causou a morte de Roberto Silveira, em decorrência de queimaduras.

 

Um mar de guarda-chuvas no adeus ao inesquecível Roberto Silveira

 

Ismélia Silveira: lágrimas que nunca findam

(Fotos do livro ROBERTO SILVEIRA, A PEDRA E O FOGO, de José Sérgio Rocha)


Ana Maria Silveira, sobrinha do ex-governador, prestou declaração ao O Norte Fluminense confirmando a tese de atentado, que pode ser lida no link: http://onortefluminense.blogspot.com.br/2014/06/roberto-silveira-foi-vitima-de-um.html )

No dia 10 de agosto de 2014, no Sítio Rio Preto,  onde nasceram Roberto e seus irmãos, foi realizado o lançamento da pedra fundamental do Memorial Governadores Roberto e Badger Silveira, que foi inaugurado, com muita emoção, no dia 7 de agosto de 2016.


 

Memorial Governadores Roberto e Badger Silveira foi inaugurado no dia 7 de agosto de 2016

 

A eterna primeira dama Ismélia Silveira e sua filha Dora Silveira participaram da inauguração do Memorial. Na foto, acompanhadas de João Bosco de Figueiredo Côgo, responsável pela organização do acervo

 

Ismélia Silveira e o rico acervo do Memorial 

 



Seu exemplo de luta e de vida é luz a iluminar nossos caminhos.


ROBERTO SILVEIRA VIVE!

domingo, 14 de fevereiro de 2021

Homenagem

 Olá pessoa amiga e do bem. 


Homenagem:


De Rosete Loureiro Xavier. 


Hoje é um dia especial, se mamãe ainda estivesse conosco, meus pais estariam completando 75 anos de casados. Quanta saudade... 

Para homenageá-los, relembrando anos anteriores quando esta data era celebrada com muita alegria, montei um slide com algumas fotos. 

Hoje, dia internacional da amizade: Valentine's day, foi a data especial que eles escolheram para a linda união que tiveram. Sinto falta dos dois juntinhos, mas sei que lá do céu minha querida mãe está zelando por meu pai. 

Agradeço sempre o presente que Deus me deu, ter nascido nesta família. Deus abençoe a nossa família!


Roger LX