terça-feira, 21 de maio de 2019

Centenário da primeira viagem aérea do Atlântico Norte




Este ano comemora-se o centenário da primeira viagem aérea do Atlântico Norte, realizada pelo tenente Albert Cushing Reed, a bordo de um hidroavião, o NC4.

Tudo começou no dia 16 de maio de 1919, quando partiram de Trepassay, Terra Nova, uma esquadrilha de três hidroaviões, NC1, NC3 e NC4, pertencentes à U.S. Navy, com o propósito de alcançar a Europa, fazendo escala nos Açores.

Em virtude de um conjunto de fatores adversos, apenas o hidroavião NC4, cumpriu o plano de voo, amarando na baía da Horta, em 17 de maio de 1919.

Daqui prosseguiu para Ponta Delgada, em 20 de maio, seguindo-se a capital portuguesa, onde é entusiasticamente recebido, no dia 27. Ficava assim  completa a última etapa da travessia aérea do Atlântico Norte.



Enviado por Antônio Soares Borges

Arqueólogo do Forno Indígena de Calheiros é nomeado Diretor Geral do INEPAC

O arqueólogo Claudio Prado de Mello realizou pesquisa de campo em Calheiros e recolheu peças que foram levadas para estudos, em 2017

O arqueólogo Cláudio Prado de Mello foi nomeado, hoje,  Diretor Geral doINEPAC (Instituto Estadual do Patrimônio Público). Foi esta entidade que promoveu o tombamento do prédio do Cine Monte Líbano.

Há dois anos atrás, Cláudio Prado esteve em Bom Jesus do Itabapoana, a convite do pesquisador Antônio Soares Borges, para conhecer o segundo forno indígena que tinha sido descoberto em Calheiros.

Após ter visitado o forno indígena, e levando-se em conta duas peças que teriam origem indígena, Claudio Prado de Mello, que é  presidente do IPHARJ (Instituto de Pesquisa Histórica e Arqueológica do Rio de Janeiro) entendeu ser pertinente a hipótese da descoberta de um sítio arqueológico em nosso município. Ele levou material para uma pesquisa aprofundada. 

Caso a pesquisa seja favorável, Bom Jesus terá mais uma atração turística a incrementar a geração de emprego e renda. 





  O pesquisador Antônio Soares Borges, Eraldo Saloto e Manoelzinho, o colecionador de peças indígenas




Eraldo Saloto e sua esposa Regina, receberam o arqueólogo em Calheiros




Um dos dois fornos indígenas existentes em Calheiros

(Com informação de Maria Beatriz, do CCMB, de Laje do Muriaé/RJ)

NA PRACINHA DOS POETAS


T u d o  v a i  p a s s a r
N a d a   v a i   m u d a r
"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""'

                             Joel Boechat


       Cantinho 
       De Devaneios e sonhos

Nada vai mudar no dia que
Eu partir...
A distância te fará lembrar
Que mesmo distantes...
ainda ssim, vamos colorir
O Nosso Amor
Como sabem fazer os
Amantes...

Agora,  tenho que ir
Com o coração partido de
Dor...
Sem  conseguir esquecer
Vou tentar colorir os dias
Que, longe de ti,  difíceis
Serão, sem o amor.

Mas não te deixarei só!

Farei tudo para que teus
Dias sejam felizes...
Enxugando as lágrimas
De teu olhar
Curando eventuais feridas
Disfarçando cicatrizes

Deixarei contigo alguém
Esse alguém, te cobrirá
De muito amor e carinho...
E, de noite, ao teu lado...
Quando fores descansar

Dará  ternura, abraços
Aninhando-te  nos
Braços...
Aliviando o cansaço  e
Te seduzindo antes do
Sono chegar

Te sentirás feliz.
Lábios entreabertos
Sempre a sorrir
No bazar das ilusões,
Reino de fascinações

Compartilhará contigo
A felicidade...
Nos  doces momentos
De desejos de fazer amor

No embalo das anseios 
Meneando ternamente
Teus seios...
Recheando tua boca de
Molhados Beijos...

Se, por ventura, sentires
Nostalgias... Espera...

Chegará um Palhaço
Com brincadeiras de
Improviso...
De roupas coloridas
E muitos guizos
Provocando em ti
muitos e muitos
Risos

O nome do palhaço
Nome é sobrenome?
... Amor e felicidade!

Até um dia amor...
Minha  serenidade
Namoradinha querida

Vou deixar cuidando
De teus dias...



       

21 de maio - Dia do Profissional de LETRAS

          Enviado por Maria Dolores Pimentel

A NOVA MENSAGEM DE ROGÉRIO LOUREIRO XAVIER

Olá pessoa amiga e do bem.

Não levamos nada dessa vida, pra que perder tempo com a maldade, com a facilidade, com a falta de amor. Todos teremos o mesmo destino, independente da cor, da condição financeira, da classe social...

Portanto, ame, brinque, perdoe e aproveite a vida.

SEJA FELIZ!

Roger LX

A MENSAGEM DE ROGÉRIO LOUREIRO XAVIER

Olá pessoa amiga e do bem.

Cada dia que amanhece assemelha-se a uma página em branco, na qual gravamos os nossos pensamentos, ações e atitudes. Na essência, cada dia é a preparação de nosso próprio amanhã.

"Se existe amor, há também esperança de existirem verdadeiras famílias, verdadeira fraternidade, verdadeira igualdade e verdadeira paz. Insultar ou maltratar os outros é algo sem propósito. O fundamento de toda prática espiritual é o amor. Que você o pratique muito bem e sempre".

Roger LX

Grupo A Social - a história de uma tradição


                Wilson José Carrerette

Em 16 de dezembro de 1902 nascia Dário Vieira Borges, de família tradicional de Bom Jesus do Itabapoana. Cresceu e, a partir dos 15 anos, começou a trabalhar no comércio com seu pai, Antônio Ribeiro Borges. Foi agraciado pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro como o mais antigo comerciante em atividade do ano de 1988 e participou de todas as iniciativas e movimentos pró Bom Jesus, antes e após a emancipação do município.

Em 18 de outubro de 1962, Wilson José Carrerette se juntou ao time de Dário Vieira Borges nas lojas A Social Tecidos e Armarinho Primavera. Em 21 de janeiro de 1965, a união dessas duas famílias foi firmada pelo casamento de Wilson Carrerette e Maria Cristina Borges, filha de Dário Borges.


Posteriormente, em 1977, com a inauguração da loja A Social Calçados, foi fundado o Grupo A Social, que hoje engloba as três lojas da família: A Social Tecidos, A Social Calçados e Armarinho Primavera.



           Foto: 1975
José Luís, Reginaldo (Tupã), Osvaldo Cúrcio, Alair Campos, Robson, Wilson com seu filho Fabrício, Ademir Figueiredo e Moacir Borges. Foto de 1975

        Foto: 2010


segunda-feira, 20 de maio de 2019


Bom Jesus se entristece, com a partida do amigo Paulo Guerra


Do Blog do Frederico
(blogdofredericosueth.blogspot.com)
São poucos, os bom-jesuenses que conheci que nutria tamanho apreço pela terra natal


Ele foi vitimado em decorrência de complicações resultantes da chikungunya contraída, que acabou se desenvolvendo um quadro grave de pneumonia que se agravou ainda mais com a infecção generalizada...

...ficando ele internado na UTI em um hospital de Cabo Frio por aproximadamente duas semanas, vindo a óbito na manhã desta segunda-feira, dia 20 de maio de 2019, com a informação de que seu corpo será velado na plenária da Câmara Municipal de BJI.

Paulo Guerra teve notável trajetória na vida pública, tendo comandando a Superintendência Regional de Desenvolvimento no governo Rosinha Garotinho, presidente do SAAE em 2008 no mandato interino de Paulo Portugal, diretor administrativo do H.S.V.P. em 2010, e por fim com sua marcante passagem pela Secretaria Municipal de Saúde entre 2013 e 2014...

...onde em todos os setores que atuou deixou seu legado de companheirismo, retidão e indiscutível responsabilidade com a coisa pública, tanto que jamais respondeu a qualquer ação judicial na esfera da Fazenda Pública ou no Tribunal de Contas, mesmo com todas as oportunidades que surgiram para obtenção de benefícios, ele sempre optou em contrariar interesses.

Aos familiares do amigo que se parte, em especial a companheira Alessandra, e os filhos Guerra Neto, Guerra Filho, Gabriel, José Rafael e Paula, externo meus sentimentos de profundo pesar, com profunda irresignação e consternação pela perda do amigo especial.


SERENATA

       Wilma Martins Teixeira Coutinho



Eu gosto do cheiro da Chuva
Eu gosto do cheiro da Mata
Gosto também de ouvir
O som de uma Serenata.

Quando as Estrelas brilham
No Céu enluarado
Ficamos no encantamento.
Coração apaixonado

Brilha a Lua no Céu
Perfume que vem da Mata
Amores entrelaçados
Ouvindo a Serenata

V CASA ABERTA EM SÃO PEDRO DO ITABAPOANA: JUNHO DE 2019



20 de maio: Dia do Pedagogo

  Enviado por Maria Beatriz, do CCMB de Laje do Muriaé (RJ)

O saber a gente aprende...

Rogerio Loureiro Xavier


Olá pessoa amiga e do bem.

Você tem o direito de ter sua opinião. Mas isso não lhe dá o direito de achar idiotas todos os que pensem diferente. Não perca amigos por causa de posicionamentos políticos e ideológicos. Discorde à vontade. Mas não desdenhe de ninguém. Eles também têm os deles. Portanto, mais amor, menos rancor. Mais pontes, menos abismos. Mais diálogos, menos discussão.

Roger LX


LUTAR SEMPRE... VENCER TALVEZ... DESISTIR NUNCA!

Rogerio Loureiro Xavier

Olá pessoa amiga e do bem.

Para você refletir e se inspirar.

Sou o que sou, agradeço a Deus. Sou Feliz!

"Felicidade é algo que você decide. Por princípio!"

A maior conquista da Vida é estar em Paz!

"Não tive tudo que sonhei, mas continuo amando tudo que consegui conquistar sem ter que ferrar com a vida de ninguém."

Roger LX


20 de maio: Dia do Técnico e Auxiliar de Enfermagem

   Enviado por André Luiz de Oliveira
Deixe-os em Paz !
-----------------

                              Joel Boechat


Cantinho de
                     Oração e reflexão


Em suas passagens pela
aterrorizada Gergesa,
onde viviam os Gadarenos, o
Senhor caminha pelas ruas

Dois homens  que faziam
parte de perverso e cruel
grupo de Infelizes  seres,
perseguidos por demônios
Foram ter com Jesus.

Esses endemoniados,  se
escondiam em sepulcros
não caiados, que guardam
vermes e podridão

Proferiam em altos brados
Vitupérios de ódio e rancor

Não está nos versículos
da Bíblia Sagrada, mas,
penso ter uma fagulha de
Amor que saiu do coração
Do Senhor
Em direção aos aflitos
que calaram de imediato
os  gritos

O mais perturbado indaga
Que queres conosco
Filho de Deus
Vieste para nos agredir e
atormentar ?

Aos poucos serenaram os
sentimentos
E, no mais atroz tormento
pelo demônio
Já demente pelas atrofias
dos neurônios
Implora...

Se nos expulsa,
Tira-nos daqui agora,
Vedes a vara de porcos?
Mande-nos juntos a eles
Ir embora ...

Em poucos segundos
Os demônios incorporam
E, como milagrosa
debandada os imundos
Deixaram as infelizes
Criaturas aliviadas

Passariam doravante a
Viver suas vidas, renovar
Suas lutas.

É o  milagre do Senhor !
O amor vencendo o ódio
Nas bemaventuranças
De Sua Paz e Sua Glória

Gergesenos ou Gadarenos
Habitantes de Gergesa,
ainda não conheciam os
Milagres Do Senhor

Clamam em invocações
e estranhas rezas, pasmos
Com a cura dos que foram
por eles enxotado com
pedradas

Ficam mais timoratos,
cheios de medo e pavor
Assemelhavam o Mestre,
Aos assombros e ao terror
E...
Lhe suplicaram deixar
Gergesa
Mas, alguns ficaram com
muitas incertezas

Para o que pratica a
Caridade e o eterno bem
Serão por Anjos de Guarda
Amparados
Jamais subjugados...

Nunca será esquecida
nas Prateleiras da história
Nas palestras e homilias,
Nos louvores das novas
Reformadas Igrejas

Lembranças das palavras
do Nosso Amigo e Senhor
Nosso Mestre de Belém
Por toda eternidade
seja feita do Pai
Sua vontade...
Amém!

domingo, 19 de maio de 2019

Convite para o lançamento do livro "MINHA ARCA NÃO É DE NOÉ", dia 25 de maio

Convido a todos para o lançando do livro infantil "MINHA ARCA NÃO É DE NOÉ" no dia 25 de maio na Feira Literária Capixaba das 14:00 ás 18:00 horas (UFES).Ele estará acompanhado com alguns personagens da história.

Rita de Cássia Côgo








Caravana de Carros de Boi em Rosal: 20 de maio, às 15h

Enviado por Fábio de Souza Vargas


Carros de Boi

Padre Mello

Por caminhos da roça tortuosos
estreitos e cavados, vão passando
velhos carros de bois, estes cantando
aqueles em gemidos lamentosos.

Mas sendo iguais e todos preciosos
os frutos da terra vão levando,
e se o destino igual os vai guiando,
por que vão cantando e outros chorosos?

Que diga o coração da humana raça
quão variadamente ele palpita
se é varia a onda que por ele passa.


De dores e de alegrias no transporte,
tal como carro, canta, chora, grita,

conforme o aperto dos cocões da sorte. 





Elegância

Rogerio Loureiro Xavier

Olá pessoa amiga e do bem.



A elegância não é um modo de vestir.
Ser elegante significa saber dizer: obrigado, com licença, por favor e desculpa.
Porque você pode até se vestir bem, mas se não for educado, as suas roupas serão só uma fantasia!

Roger LX

Sabiamente falando

Rogerio Loureiro Xavier

Olá pessoa amiga e do bem.


Perguntaram a um homem sábio:
- Quantos tipos de amizade existem?
Quatro, ele respondeu.
Há amigos como a comida...
Você precisa dele todos os dias.
Há amigos como os remédios...
Você os procura quando está se sentindo mal.
Há amigos como as doenças...
Eles te procuram por conta própria.
Mas há também os amigos como o ar...
Você não os vê, mas eles estão sempre com você.

Roger LX

19 de maio: Dia do Físico e da Física

Enviado por Maria Beatriz, do CCMB de Laje do Muriaé (RJ)

19 de maio: Dia de Santo Ivo, o Padroeiro dos Advogados


sábado, 18 de maio de 2019

Mundo de encantos...
...............................................

 
                             Joel Boechat


Cantinho de
        Sonhos e  Devaneios


        Cada qual tem sua sina
        Cada um, seu momento
        de glória.
        Eu tive só desenganos
        que não me saem da
        Memória ...


Cansei de esperar...
Cálices de licor...
LP  de apaixonantes canções
Tudo disposto para viver
Um grande amor.

Com leves suaves pingos
de chuva que começavam
a cair no batente da janela
Recline nos almofadado
e comecei a dormir ...

Sonhei com ela ...

estava a meu lado,
no leito...
Depois do amor
Seu rostinho repousando
em meu peito...

De repente relâmpagos,
Trovões e coriscos...
Noite ficou escura, fria
Transformaram  sonho
em pesadelos que me
fizeram despertar ...

Cadê o mundo lindo
de fantasias ?

Ela não viera ...

Será essa minha sina
Meu fadário, meu fado
Sentir a eterna rotina
De um amor fracassado?

Era tudo que mais queria
Ser seu Homem, seu Rei
Seu dono...
Entronizá-la num trono

Tristonho
Espero voltar o sono
Mas...

Pego o caderno e lápis
Para escrever poesia
Esquecer a covardia
De ter lágrimas nos
Olhos
Por alguém que conheci
Há alguns dias ...

Tentei escrever sobre
O Amor
Mas não tenho mais a
Quem possa dar ...

Quis relembrar beijos
Loucura dos desejos
Meus anseios
Caricias nos delicados
e sensuais  seios
Senti lágrimas rolar ...

Reli tudo que escrevi
Confesso ...
Senti vergonha de mim
Mesmo ...
Das bobagens escritas
A esmo ...

Será que algum dia
Voltarei a sentir o amor?
Será que o tempo vai dar
Um tempo ...
E Inspiração encontrar ?

Cadê o meu mundo de
Encanto e magias...
Para compor poesias
Para um novo Sonhar?

18 de março: Dia Internacional dos Museus

             Enviado por Antônio Soares Borges

Regras básicas da convivência

Rogério Loureiro Xavier

Olá pessoa amiga e do bem.

Bom dia voltado para coisas boas...

Tudo começa com um sorriso. Que sejamos sempre bem aventurados conforme os ensinamentos de Deus.

"Convivência"

Regras para ser feliz.

Roger LX


VIVA SANTA RITA! VIVA! VIVA!!!

Rogerio Loureiro Xavier


Olá pessoa amiga e do bem.


Ó poderosa e gloriosa Santa Rita chamada Santa das causas impossíveis, advogada dos casos desesperados, auxiliadora da última hora, refúgio e abrigo da dor que arrasta para o abismo do pecado e da desesperança, com toda a confiança em Vosso poder junto ao Coração Sagrado de Jesus, a Vós recorro no caso difícil e imprevisto, que dolorosamente oprime o meu coração. Obtenha a graça que desejo, pois sendo-me necessária, eu a quero.

Apresentada por Vós a minha oração, o meu pedido, por Vós que sois tão amada por Deus, certamente será atendido. Dizei a Nosso Senhor que me valerei da graça para melhorar a minha vida e os meus costumes e para cantar na Terra e no Céu a Divina Misericórdia. Santa Rita das causas impossíveis, intercedei por nós! Amém.

Roger LX




PARABÉNS RIBEIRA CHÃ




Hoje celebramos o 53º Aniversário da elevação a freguesia da Ribeira Chã, um evento que só é possível comemorar graças à grande dinâmica e vontade de João Caetano Flores, o sacerdote, o visionário, uma das mais ilustres figuras que esta terra já conheceu, mas infelizmente já desaparecido.
Rodeada a norte pela encosta do Fogo e a sul pelas águas do Atlântico, a Ribeira Chã, tal como um presépio, vem da serra ao mar, presenteando todos com a sua rara beleza e singularidade. A natureza fez desta terra um lugar aprazível e calmo para se viver e constituir família Esta terra podia, sem duvida alguma, ser um bonito postal ilustrado dos nossos Açores, numa altura que tanto falamos de turismos ou a sua cativação.
Uma terra pequena, com cerca de 360 habitantes, mas com uma história invejável para a maioria dos lugares açoreanos. Mas, como em tudo, o tempo acaba por ir desvanecendo aos poucos aquilo que foi o apogeu deste bonito lugar, muito por culpa da falta do exercício de memória das pessoas ou de quem de direito.
Esta pequena freguesia já teve escola primária, jardim infantil, e uma serie de incentivos culturais e sociais que podiam cativar qualquer família a aqui se fixar e ter uma vida com o mínimo de qualidade. Esta que foi uma das grandes visões do Padre Flores que em nada tem sido respeitada.  Para ele, era importante criar “ancoras” que atraíssem cada vez mais gente a aqui permanecer ou para aqui se mudar. Mas o seu desaparecimento prematuro fez com que a obra ficasse inacabada. O seu grande objectivo, que seria o de criar um amplo parque habitacional, ficou suspenso, para mais tarde ser cancelado. Ficamos assim reduzidos à escassez de oferta habitacional e consequentemente a uma migração dos mais jovens para fora da freguesia. A renovação geracional simplesmente desapareceu ou reduzida a um mínimo incompreensível.
 Ainda sobrevivem algumas organizações de cariz social e cultural, mas a cada vez maior baixa de natalidade certamente condicionará o rejuvenescimento da Ribeira Chã, como é previsível, e a continuidade de qualquer organização a médio e longo prazo. A dinâmica cultural e social foi desaparecendo desde a morte do padre João Caetano Flores. Durante alguns anos viveu-se de uma virtualidade que apenas sobrevivia com o atirar de dinheiro para cima das situações, mas sem liderança, sem objectivos de futuro, esfumou-se em cada evento, em cada ano, em cada passo dado em falso.
Esta freguesia passou a ser uma antecâmara para outros pousos ou ambições políticas e profissionais. Usa-se e abusa-se deste nome para maiores voos mesmo quando a competência é escassa e a visão não vai para além da ponta do nariz. Não existe um plano e muito menos vontades.
A verdade é que se quisesse vos convidar a celebrar este aniversário, tal não seria possível porque a única actividade que hoje por cá há é precisamente uma saída da freguesia para terras alheias. Há algum tempo que este evento maior da freguesia não é celebrado de forma digna, com as pessoas, na sua terra. O dia seria hoje, não na próxima semana e muito menos no próximo mês, mas quem somos nós para questionar tais sapiências.
A natureza encarrega-se de conservar a beleza que a Ribeira Chã tem, tudo o resto é obra dos homens que terão de pagar, mais cedo ou mais atarde, o preço dos seus actos.

Ribeira Chã, 18 de Maio de 2019

José Pacheco

(Enviado por Antônio Soares Borges)

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Cristo Rei: 60 anos


Cristo-Rei! Faz hoje 60 anos que foi inaugurado! Obra do escultor português Francisco Franco de Sousa! Obra maravilhosa- Almada- Portugal!

  Enviado por Antônio Soares Borges