terça-feira, 6 de novembro de 2012

ELES QUEREM A "REEMANCIPAÇÃO" DE SÃO PEDRO DO ITABAPOANA



                                                                       Maurino, Vilma e o casarão da época imperial

Maurino Gomes de Vasconcelos e sua esposa, Vilma Fraga de Oliveira Nascimento, residem num bem conservado casarão da época imperial, em São Pedro do Itabapoana, distrito de Mimoso do Sul (ES). Tombado como patrimônio histórico e artístico do Estado do Espírito Santo desde 1987, o distrito é famoso nacionalmente pelos Festivais de Inverno de Sanfona e Viola que ocorrem anualmente no mês de julho.

                São Pedro do Itabapoana: patrimônio histórico e artístico

Até 1930, São Pedro era a sede do município, que passou, desde então, a ser João Pessoa, atual Mimoso do Sul. Maurino, contudo, até hoje, não se conforma com o que ocorreu: "Com a Revolução de 30, o interventor Bley enviou 13 caminhões com soldados para levarem documentos de São Pedro para Mimoso do Sul. Ainda me pergunto sobre o real motivo desta violência contra o povo de São Pedro. Ainda pretendo ter acesso ao decreto do interventor. Por que não deixaram que São Pedro continuasse a ser município? Entendo que é possível, hoje, que São Pedro do Itabapoana possa 'reemancipar-se', integrando-se ao mesmo os distritos de Ponte do Itabapoana e dona América", concluiu.

                      Portal de entrada de São Pedro e rua construída por escravos


Balbino Miguel Nunes, um dos administradores do Museu São Pedro de Alcântara do Itabapoana, vê com simpatia a ideia do casal. Ele é um apaixonado por antiguidades, possuindo um antiquário bastante requisitado. Possui sonho de restauração de imóveis históricos e de recuperação de objetos históricos que desapareceram de São Pedro.


Museu São Pedro de Alcântara do Itabapoana

                                          Balbino e o Antiquário São Miguel

Maurino, Vilma e Balbino são sonhadores. Se os sonhos são possíveis ou não, só o futuro dirá.

                             Vilma, Maurino e Balbino: construtores de sonhos
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário