segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Prefeitura abre espaço para a construção da parede lateral do Teatro Cinema Conchita de Moraes




Máquina da prefeitura esteve hoje na Usina Santa Maria, na área do Teatro Cinema Conchita de Moraes, para apoiar a remoção dos destroços causados pela queda de uma parede lateral, após forte ventania.

O administrador da Usina e presidente da Associação dos Moradores, Jarbas Marcoli, esteve no local, juntamente com os diretores da Comissão organizadora do restabelecimento do prédio histórico, Beto e Eliete, orientando os trabalhos.



Eliete, Betinho e Jarbas Marcoli acompanharam o trabalho da máquina da prefeitura


Após a limpeza da área, a Comissão organizadora pretende dar início ao levantamento da parede, uma vez que ganhou o material necessário para isso, assim como o dinheiro para pagamento de pedreiro e ajudante por duas semanas.

A empresária Rosane Brandão, dos Supermercados MR, idealizadora da restauração do prédio, está apoiando a campanha da Comissão organizadora, que está pedindo a doação de material e de mão de obra.






A luta pela restauração do prédio do Teatro Cinema Conchita de Moraes se tornou uma autêntica novela: hoje, a perspectiva é de final feliz



A restauração do Prédio do Teatro Cinema Conchita de Moraes pretende perenizar a memória dos irmãos José Carlos Pereira Pinto e Jorge Pereira Pinto, assim como dos trabalhadores que deram sua vida pelas Usinas. Ao mesmo tempo, almeja fazer da entidade um polo de desenvolvimento cultural com repercussão nacional.


 José Carlos Pereira Pinto  
("De Campos aos Fluminenses")



Jorge Pereira Pinto  ("Quem quebrou a casa de meu pai?")




                                                 


Time do Santa Maria Futebol Clube, tricampeão em 1959, 1960 e 1961. Ao centro, Jorge Pereira Pinto (acervo de Eduardo Rosa)





Os cineastas Phillip Johnston e Rocio Salazar retornarão à Usina no mês de março para as últimas filmagens sobre a luta pela defesa do patrimônio cultural nas Usinas Santa Maria e Santa Isabel. Nesse período, teremos as condições de avaliar se a luta pelo Conchita terá ou não um final feliz.


Antonio Carlos Pereira Pinto foi entrevistado no Rio de Janeiro, pelos cineastas Phillip Johnston e Rocio Salazar

O médico dr. Antônio Carlos Pereira Pinto foi entrevistado no casarão da Usina Santa Isabel


Phillip Johnston e as filmagens na antiga sede social do Usina  Isabel F.C.

Um comentário:

  1. Acredito que será vitoriosa a luta pela reconstrução do Teatro Cinema Conchita de Moraes. A tradição em preservar suas riquezas culturais vai trazer mais essa conquista aos bonjesuenses!

    ResponderExcluir