terça-feira, 6 de janeiro de 2015

HABITAÇÕES PARA 70 FREIRAS SÃO INAUGURADAS EM NOVO PRÉDIO DO CONVENTO





Madre Virgínia Alves de Lima, co-fundadora do Convento, juntamente com o  Monsenhor Francisco Apoliano, e a parte interna do novo prédio 

Foram inauguradas, no dia 27 de dezembro passado, no antigo sítio Oscar Campos, 70 habitações (celas) para as Irmãs de Caridade do Instituto Imaculado Coração de Maria e São Miguel Arcanjo, no novo prédio do Convento que ali está sendo construído. Centenas de pessoas marcaram presença no evento que contou com a bênção do bispo Dom Fernando Arêas Rifan, Administrador Apostólico da Administração Apostólica  Pessoal São João Maria Vianney  que, na oportunidade, lançou o livro "Sementes", em comemoração ao 40º aniversário de sua Ordenação Sacerdotal.




Prédio do Convento ainda está em construção



Segundo Madre Virgínia, co-fundadora do Convento, juntamente com o Monsenhor Francisco Apoliano, "desde os 11 anos senti-me chamada por Deus para a vida consagrada. Aos 13 anos, tive a convicção plena desse chamamento. Meu pai, José Lima Alves, era o proprietário do Abrigo dos Velhos e eu sempre me identifiquei com o trabalho com os idosos", salienta.

Em relação ao Convento, ela relata que a Madre Superiora é Rosângela Guariza. Ressalta, ainda, que o mesmo  "funcionava ao lado do prédio do Abrigo dos Velhos José Lima. O padre José Paulo, contudo, solicitara a área para instalar um colégio, assumindo o compromisso de, futuramente, providenciar novo local para abrigar as Irmãs. Após o precoce falecimento de Padre José Paulo, Padre Ivoli, seu sucessor, deu continuidade ao trabalho e, após a aquisição do sítio Oscar Campos, transferiu parte do mesmo para a instalação do Convento. Em 2 anos e 8 meses construímos a obra que aí está. Embora não esteja ainda concluída, tudo o que foi feito até agora é um milagre a olhos vistos. Somos, atualmente, 43 irmãs, mas construímos 70 celas, pois estamos prevendo o crescimento de vocações".

Uma das 70 celas do Convento

Madre Virgínia e um dos corredores que levam às celas


Madre Virgínia ressalta, ainda, os inúmeros apoios que têm sido dados para tornar realidade a edificação do prédio do Convento: "Nosso povo é abençoado por Deus, é generoso. Muitos têm sido os colaboradores. Nós, do Convento, também cedemos nossa força de trabalho, 'rejuntamos' o piso, pintamos as paredes com os nossos braços e realizamos toda a limpeza do prédio. Além disso, vendemos picolés, pipocas, promovemos almoços e organizamos bingos. Continuamos, entretanto, contando com o apoio de todos para concluirmos a obra".

O Convento está localizado próximo a uma área de preservação ambiental. " Há água cristalina macaquinhos e até tucanos". No Convento, a Capela ainda está sendo construída. Há uma sala destinada para a biblioteca e outra para reuniões.  Além disso, três salas serão destinadas à fábrica de  paramentos mantida pelas irmãs: "A CIM PARAMENTOS fabrica e vende paramentos para todo o país", registra.

Área de preservação ambiental ao lado do Convento


Por ocasião da solenidade, utilizaram da palavra  a Madre Virgínia, relatando aos presentes a história da construção do prédio e agradecendo à comunidade e ao Padre Ivoli Fernando Latrônico, pároco da Paróquia Pessoal Senhor Bom Jesus Crucificado e Imaculado Coração de Maria pelo apoio à obra.

Madre Virgínia: agradecimentos e emoção

Padre Ivoli, usando da palavra, após manifestar sua alegria por aquele momento tão significativo, apresentou a prestação de contas relativa à construção do prédio.

Padre Ivoli Fermnando Latrônico: regozijo e prestação de contas



O bispo Dom Fernando Arêas Rifan, presente ao evento, por sua vez, manifestou o seu júbilo com o acontecimento: " este Convento representa o coração de Bom Jesus do Itabapoana e, quiçá, da Administração Apostólica. Trata-se de Centro de Oração e de vida consagrada!"

Dom Fernando Arêas Rifan: " este Convento representa o coração de Bom Jesus do Itabapoana"


Centenas de pessoas estiveram presentes à solenidade


O vice-prefeito Jarbas Borges usou também da palavra, ao final, irmanando-se nas palavras de alegria pelo evento e ressaltando o importante trabalho social que as Irmãs de Caridade exercem junto aos idosos.

Vice-prefeito Jarbas Borges salientou a importância da atuação social das Irmãs de Caridade



Em seguida, Dom Rifan concedeu sua bênção, ao que foi seguido do descerramento de placa em agradecimento ao Padre Ivoli e do desenlace da fita inaugural.

A bênção do bispo Dom Fernando Arêas Rifan

Placa de agradecimento ao Padre Ivoli Latrônico


Desenlace da fita inaugural
Após foto oficial, seguiu-se um concorrido coquetel, ocasião em que os presentes puderam  conhecer as dependências do prédio do Convento. Em seguida, Dom Rifan passou a autografar os livros.

Um evento histórico para Bom Jesus do Itabapoana. 








Dom Fernando Arêas Rifan autografando o livro






OUTRAS IMAGENS DO EVENTO







Capela do Convento ainda será construída









O bonjesuense Josemar de Souza Rodrigues Júnior, 19 anos, pertence à Ordem de Nossa Senhora das Mercês, com sede em Brasília






Mercedes Fonseca Vieira, mãe do saudoso Padre José Paulo, e Madre Virgínia



 Irmãs Rosa e Maria de Lourdes, Servas de Maria Auxiliadora, de Campos dos Goytacazes (RJ)



Padre Ivoli Latrônico e seus pais Glória e Ivo, residentes em Santa Catrina


Padres e seminaristas de Campos dos Goytacazes (RJ)


Seminaristas Edmar e Vinícius

Padre Ivoli Latrônico e Padre Alfredo Gualandi, de Porciúncula


Madre Rosângela, Dom Rifan, Padre Ivoli e Madre Virgínia 





















































Um comentário:

  1. Fatos como esse é que me fazem a cada dia amar mais o nosso Bom Jesus

    Ficamos eu e esposa bastante sensibilizados Gostamos demais da Irmã

    Viginia e sabemos que ela é impossível, quando se dedica a algo, Deus

    ajuda e consegue mesmo.

    E o espirito de Padre Frnacisco e João Paulo, lá de cima, estão a iluminar tudo

    Valeu.

    Obrigado

    Cleber e da Hilda, do Distrito Federal, por email

    ResponderExcluir