segunda-feira, 18 de abril de 2016

ENGENHEIRO VIABILIZOU A PAREDE DA ESPERANÇA






O engenheiro Paulo Sèrgio do Canto Cyrillo viabilizou a reconstrução da parede do prédio do Teatro Cinema Conchita de Moraes







 



Parede do Conchita foi restabelecida





Quando a parede lateral do prédio do Teatro Cinema Conchita de Moraes, na Usina Santa Maria, desabou no dia 2 de janeiro, o engenheiro Márcio Luiz Piedade Fonseca teve atuação relevante pois atestou, contrariamente a outras vozes, que as demais paredes estavam intactas.


Parede desabou no dia 2 de janeiro

Sem a atuação de outro profissional, o engenheiro Paulo Sérgio do Canto Cyrillo, contudo, esta parede jamais teria sido restabelecida.


No dia 18 de fevereiro, ele esteve no local com as lideranças Jorge Roberto Milano, o Betinho, e Edilene Peres, a Leninha, oportunidade em que promoveu as necessárias orientações para a edificação da parede.



Engenheiro Paulo Sérgio do Canto Cyrillo orientou a reconstrução da parede no dia 18 de fevereiro


Paulo Sérgio, Eduardo Rosa, o Guardião do Conchita, Edilene Peres e Jorge Roberto Milano





Findada a reconstrução da parede, o próximo desafio será a colocação do teto. Tendo em vista, contudo, o alto custo dessa nova etapa, a reinauguração do Teatro Cinema Conchita de Moraes levará deverá levar alguns anos.




 Reinauguração do Teatro Cinema Conchita de Moraes deve levar alguns anos



2 comentários:

  1. PODERIAM CONSTRUIR VÁRIAS CASINHAS POPULARES PARA OS POBRES.

    ResponderExcluir
  2. PODERIAM CONSTRUIR VÁRIAS CASINHAS POPULARES PARA OS POBRES.

    ResponderExcluir