segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Jogo de Malha atrai atletas da região

Clube de Malha do Asa Branca foi fundado no dia 21 de março de 1994 e é pentacampeão da Liga regional

O jornal O Norte Fluminense esteve em três Bom Jesus, registrando a prática do jogo da malha: Bom Jesus do Itabapoana (RJ), Bom Jesus do Norte (ES) e Bom Jesus do Querendo (Natividade/RJ). Enquanto nas duas primeiras, há "recesso" neste mês de janeiro, na última, os treinos continuam a todo vapor.

Bom Jesus do Itabapoana/RJ

José Dutra Chaves e Leandro da Silva e troféus conquistados pelo Clube de Malha do Asa Branca 


O jogo de malha tem origem antiga. Em Portugal, se chamava jogo do fito, desde os séculos XVII e XVIII. O jogo teve início quando iniciaram a ferrar os cavalos do exército romano. Os soldados aproveitavam as horas de lazer e utilizavam as ferraduras imprestáveis para praticar o jogo. 

Em Portugal, o jogo é conhecido como chinquilho, e servia como momentos de lazer, de companheirismo e confraternização. O verbo achincalhar tem origem no nome português do jogo, uma vez que era, antigamente, praticado por integrantes de classe subalterna. As áreas onde se realizavam os jogos costumavam ser consagradas a Nossa Senhora do Chinquilho. 

O jogo pode ser disputado de modo simples, em duplas, quarteto ou turmas. No Brasil, o jogo foi trazido por imigrantes portugueses, sendo certo que, no período, a malha era jogada em todo o país, como ocorre atualmente.

Em Bom Jesus do Itabapoana, estão ativas as raias de malha dos bairros Asa Branca, Pimentel Marques, Carabuçu e Serrinha. Na Usina Santa Isabel e em Mutum de Baixo, existem raias, mas elas não possuem uma organização interna.  Este é o motivo pelo qual apenas quatro equipes bonjesuenses participam do torneio anual promovido pela Liga de Jogo de Malha, que engloba equipes de Santo Eduardo (Campos dos Goytacazes/RJ), Boa Ventura (Itaperuna/RJ), São José do Calçado/ES, Apiacá/ES e Bom Jesus do Norte/ES.

O Clube de Malha do Asa Branca é pentacapeão da Liga, tendo vencido as últimas cinco competições. Segundo José Dutra Chaves, uma das lideranças da agremiação, "cerca de trinta pessoas praticam o esporte, no bairro. Estamos animados para o início da competição, que ocorrerá a partir do mês de maio", salienta.




Clube de Malha na Praça do Bairro do Asa Branca
No Bairro Pimentel Marques, a raia de malhas Eneas Primo da Silva foi fundada no dia 14/8/1987


Raia de malha do Bairro Pimentel Marques
Bom Jesus do Norte/ES

O Bom Jesus do Norte Malha Clube, no município vizinho capixaba, foi fundado no dia 1º de maio de 1974





Bom Jesus do Querendo (Natividade/RJ)

Por não ter raia coberta, Bom Jesus do Querendo não pode sediar competições da Liga regional
Em Bom Jesus do Querendo, distrito de Natividade (RJ), os treinos do jogo de malha continuam a todo o vapor, ao contrário do que ocorre nas duas outras Bom Jesus, que se encontram em "recesso".

José Antônio Milato é um dos mais antigos jogadores. Descendente de italianos (seus avós Ricardo e Sofia Milato vieram para o Brasil quando eram crianças), ele conta que a Liga da qual participa conta com equipes de Itaperuna (Vinhosa, São Francisco e Raposo), Porciúncula (RJ), São Fidélis (RJ), Italva (RJ), Cardoso Moreira (RJ), Cardoso Moreira (RJ) Patrocínio do Muriaé (MG), Eugenópolis (MG) e Tombos (MG). O atual campeão é o time de Ourânia, distrito de Natividade.

Com 9 irmãos (Expedito, Efigênia, Clotilde, Irene, Joana Darck, Rosa Amélia, Ana Maria, Rogério e Maria Madalena - filhos do casal José Milato e Zelite Lopes de Amorim), Milato é casado com Maria das Graças e possui três filhos: Alef, Luana e Shirlei). Ele e os outros jogadores da comunidade têm esperança de que possa ser construída, neste ano, uma cobertura na raia de malhas e, assim, permitir que a equipe bonjesuense passe a ter o distrito como sede de competições.



Canjiquinha e parafina são jogadas na raia de Bom Jesus do Querendo. Em outras raias, utiliza-se areia. O círculo, ao redor do pino, é conhecido como "baiana".

José Antônio Milato e as malhas: esperança em cobertura para a raia de malhas em Bom Jesus do Querendo

Um comentário:

  1. MALHA
    Jogar malha é cultivar a alma...
    Jogar malha deve ser um ato de amor, dedicação e paciência.
    Treinos, dedicação e carinho que damos à esse Esporte, nos é retribuído pelos amigos que adquirimos.
    Por isso aprecie a este Esporte, e viva intensamente os momentos de sua vida.
    Texto de,
    Edgard Martins (Vô ED)
    Site: http://www.esporte-da-malha9.webnode.com

    ResponderExcluir